ENTENDA O QUE SIGNIFICA JANELA DE OVERTON (VEJA O VÍDEO)

A janela de Overton, também conhecida como janela do discurso, descreve a gama de ideias toleradas no discurso público. O termo é derivado de seu criador, Joseph P. Overton, ex-vice-presidente do Centro de Políticas Públicas de Mackinac, no Michigan, Estados Unidos, que, em sua descrição da janela, afirmou que a viabilidade política de uma ideia depende principalmente dela cair dentro da janela, ao invés das preferências individuais dos políticos.

De acordo com a descrição de Overton, sua janela inclui uma gama de políticas consideradas politicamente aceitáveis no clima atual da opinião pública, que um político pode recomendar sem ser considerado excessivamente extremo para obter ou manter cargos públicos. A Janela de Overton registra como pensa a maioria da sociedade num dado momento sobre um determinado assunto.

As posições, claro, variam do absolutamente contra ao absolutamente a favor. O pensamento da janela é o máximo que um político, a depender de sua ambição, pode sustentar publicamente. É evidente que um militante do aborto pode ser eleito deputado por eleitores abortistas mas, teria problemas para se eleger presidente da República ou senador.

Desta forma, é possível deslocar a janela para um lado ou para outro? É! Isso demanda muito trabalho de pessoas especializadas em manipulação da opinião pública. Já existem inúmeras empresas organizadas que atuam na sociedade para lhe oferecer valores que levem ao pretendido deslocamento. O que isso significa? Para tentar deslocar a janela de opinião do “contra” para o “menos contra”, até chegar à “neutralidade” e, quem sabe? um dia “a favor”, é preciso trabalhar algum outro valor relacionado ao tema (como exemplo estudos científicos).

Para esse trabalho, entra em campo um verdadeiro exército de “especialistas em opinião pública”, como assessores de imprensa, relações públicas, institutos de pesquisa, think tanks, agências de lobby. Veja o breve vídeo ilustrativo para melhor compreensão do assunto.  

Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não há comentários, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escreva um comentário
View comments

Escreva um comentário

<