Garotinho e Rosinha são presos novamente

Ex-governador do Rio e a esposa foram presos por suspeita de desvio de R$ 25 milhões. Os ex-governadores Anthony Garotinho (sem partido) e Rosinha Matheus (Patriota) foram presos na manhã desta terça-feira (3) em uma operação do Ministério Público do Rio de Janeiro.

A suspeita é de que o casal e outras três pessoas estejam envolvidos em um esquema de superfaturamento em contratos celebrados entre a Prefeitura de Campos e a construtura Odebrecht.

Segundo os investigadores, o prejuízo aos cofres públicos pode chegar a R$ 25 milhões, conforme delatado à força-tarefa da Lava Jato. Garotinho e Rosinha foram presos em casa, no Flamengo, Zona Sul do Rio, e levados para a Cidade da Polícia, na Zona Norte.

A previsão é que o casal passe por exame de corpo de delito no IML e pela triagem do sistema carcerário, em Benfica. Essa é a quarta vez que o ex-governador é preso – e a segunda da mulher dele.


Nota atualizada – Menos de 24 horas após a prisão preventiva dos ex-governadores do Rio Anthony Garotinho e Rosinha Matheus, o desembargador Siro Darlan acolheu o pedido da defesa do casal e concedeu habeas corpus para a soltura.


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não há comentários, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escreva um comentário
View comments

Escreva um comentário

<